Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Isi Life

A partilhar coisas boas desde 2014 #vidasaudável #receitas #exercício #saúde

Ter | 09.06.20

Surfers Lodge, um cantinho familiar no Baleal

Sara Isidoro

Nunca o “ir para fora cá dentro” fez tanto sentido como agora… Assim, decidi partir à descoberta do melhor que temos em Portugal e mais uma vez, partilha-lo convosco.

Comecei pela “minha terra”. Digam o que disserem, foi aqui que aprendi a andar, a nadar e a surfar, apesar de ter crescido numa linda aldeia a 20 minutos de distância, é no Baleal que me sinto em casa.

Há cerca de 7 anos “cresceu” aqui na Avenida do Mar, um hotel de madeira para surfistas. Era muito diferente dos outros surf camps que existiam na altura. Com contrastes lindos entre a madeira rústica e o cimento afagado das paredes, cheio de luz e de belas artes, o Surfers Lodge tornou-se uma referência dentro da categoria de Boutique Hotels em Portugal.

 

A convite da linda Annie uma talentosa artista que trocou a Califórnia para o Baleal, mulher de John, o sueco arrojado que um dia se lembrou de inovar por terras lusas, passei as últimas 2 noites numas merecidas “staycations” no Surfers Lodge.

 

 No verão, no rooftop, faziam semanalmente os mais famosos sunsets do Baleal - obviamente que agora não vão recomeçar (obrigadinha, ó covid). Neste momento nesse local, podemos aproveitar a paisagem para o “mar do norte” do Baleal, o jacuzzi e a piscina de água da mesma cor que as praias das Maldivas.

À chegada contámos logo com a hospitalidade da Food & Beverage Manager, Adriana Marques, que tem o dom de bem receber. O almoço foi preparado pela sempre sorridente chefe Ana Marques com ajuda da Luísa, que cozinha à vista de todos, e ainda que com a mascara a tapar a boca, continuamos a ver o seu sorriso nos olhos. Como entrada um humus de beterraba, seguido de um hambúrguer BBQ para o Zé Miguel e de uma salada divinal de atum braseado - era tão bom que nem parecia uma salada… O menu é muito original no que toca a ingredientes usados e é confeccionado com o melhor da agricultura local, sem nunca esquecer a malta vegan (até porque o patrão não come carne ;)

 

Ao pequeno-almoço, tudo maravilhoso: desde a granola caseira, feita pela querida Charlie até ao sumo de laranjas fresquíssimas, tudo sabia a sol, praia e amor. Adorei.

 

Como actividades, têm aulas de surf para adultos e crianças (acho que não é preciso dizer que Peniche é o melhor sítio da Europa para surfar…), as aulas de Yoga que são um must neste ambiente Zen e massagens ou tratamentos como o reiki, que ainda irei experimentar.

 

Este sítio é perfeito para uma escapadinha ou umas férias diferentes, sejas surfista, namorada de um surfista ou mesmo que não queiras saber de surf para nada ahah Aproveitem pois estão com um desconto no site, até ao final deste mês, em surferslodgepeniche.com/pt/

Beijinhos,

Sara