Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Isi Life

A partilhar coisas boas desde 2014 #vidasaudável #receitas #exercício #saúde

Dom | 07.06.20

Bronzeado Natural em menos de 5 Minutos

Sara Isidoro

thought-catalog-SqAcgMAWIaM-unsplash.jpg

Já lá vai o tempo em que apanhava banhos de sol como se não houvesse amanhã. Hoje em dia, com uma pele mais madura e depois de ouvir/assistir a muitas histórias de cancro de pele, tenho muito mais cuidado com o sol. Claro que continuo a adorar estar estendida ao sol e ainda mais de surfar de bikini, mas actualmente uso sempre protetor 50 (a menos que me esqueça ou já esteja muuuito morena). Assim, para combater a palidez de inverno digna de uma alemã albina, procurei alternativas "do bem" (como eu gosto de dizer).

Depois de muita pesquisa, encontrei a marca australiana Eco By Sonya. Esta foi criada pela Sonya Driver após o "susto" que a família teve, quando descobriram que a sua irmã tinha cancro de pele. Assim, Sonya decidiu criar uma forma de bronzear alternativa, que se diferencia das outras marcas por ser "toxic free", "cruelty free" e vegan.

Já uso os produtos da marca há cerca de dois anos e adoro. A última aquisição foi a mousse, que bronzeia ainda mais do que o creme que usava anteriormente.

f11adb911351886d0d2de960da21eead_2000x.jpg

valdasaur-invisible-tan_2000x.jpg

Encomendo sempre os produtos desta marca em www.bioteafood.pt, uma loja online maravilhosa, criada pela querida Sónia Fiúza que é Bioquímica. A loja vende apenas produtos selecionados a pente fino, biológicos premium. Adoro.

 

Nesta última compra a Sónia enviou-me também uma água bronzeadora e uma luva de aplicação ótimas. A "água" é uma excelente opção para quem quer um bronze mais gradual.

 

Como eu não tenho jeito nenhum para estas coisas da beleza, deixo abaixo um vídeo e fotos que encontrei online, com o antes e depois e step-by-step para o uso dos produtos.

 

Nota: eu faço batota e uso só o auto-bronzeador no colo e cara. Fui abençoada com a sorte de ficar só "transparente" do peito para cima.

 

Já experimentaram?